HOSPEDADO NA TASK -
HOSPEDAGEM DE SITE
E-MAIL PROFISSIONAL
REGISTRO DE DOMÍNIOS
SERVIDOR VIRTUAL
HOSPEDAGEM DE SERVIDOR

postheadericon Kibe Libanês (Receita Original de Família)

Kibe

Ainda na onda libanesa, hoje quero compartilhar com vocês a receita da minha família de Kibe (pra quem ainda não sabe, tenho ascendência libanesa). Aquele Kibe, cujo qual fui apresentada desde novinha, e que tem gosto de lembranças pra mim.

Como eu sempre costumo falar aqui e volto a ressaltar, o grande segredo, não só do Kibe, como do Charuto também, são os temperos verdes: Hortelã Miúda (aquela do suco de abacaxi), Hortelã Pimenta e Alfavaca. Capriche nesses ingredientes sem economizar e você com certeza terá um prato saborosíssimo.

A receita de Kibe que vou compartilhar é da massa de Kibe Cru. Você pode consumi-lo Cru, acompanhado de um Homus Tahine ou de uma deliciosa Coalhada Seca. Porém nada te impede de fazer o Kibe Assado com um bom recheio de carne moída ou até mesmo de fritá-lo. A única observação importante é:

Quando vamos comer o Kibe Cru, colocamos um pouquinho de água gelada (mas bem pouquinho mesmo) só pra deixá-lo mais molinho. Porém, NÃO COLOQUE água na massa do Kibe se pretende fritá-lo, para evitar que ele estoure todo no momento da fritura.

Vamos então aos Ingredientes?

Ingredientes:

  • 500g de trigo para Kibe
  • 600g de Patinho Moído (de preferência fresco, ou seja, sem ter sido congelado e descongelado)
  • 2 cebolas médias picadas em cubinhos pequenos (ou se preferir, ralada. Mas cuidado!!!!! Se for ralar, por favor, escorra aquela água que solta da cebola, se não seu kibe ficará amargando por conta daquela água. Isso é regra básica para tudo na vida: NUNCA USE A ÁGUA QUE SOLTA DA CEBOLA!)
  • Folhas de 1 Amarradinho de Hortelã miúda (Apenas as folhas mesmo) (Aquela que a gente usa pra fazer suco de abacaxi. Atenção: Se o amarradinho for muito pouquinho, ou você tiver q descartar muitas folhas dele, pode usar 1 e ½, pois em comida árabe a gente não economiza nos temperos verdes )
  • Folhas de 1 Amarradinho de Alfavaca (Apenas as folhas mesmo) (A mesma observação da Hortelã miúda vale para a Alfavaca, se o amarradinho for muito pouquinho, pode usar 1 e ½, pois em comida árabe a gente não economiza nos temperos verdes)
  • 8 a 10 folhas aproximadamente de Hortelã Pimenta.
  • Sal, a gosto
  • Pimenta-do-Reino, a gosto
  • Azeite de oliva, para ajudar a umidificar a massa (não coloque demais, para não ficar muito oleoso, a função do azeite na massa do Kibe é apenas para ajudar a umidificar. Na hora de comer, aí sim você pode colocar azeite à vontade)
  • 1 Processador de Alimentos com lâmina de corte, para processar a massa de Kibe.

 Modo de Fazer:

  1. Comece lavando bem o trigo até a água ficar límpida, semelhante ao que fazemos para lavar o arroz.
  2. Em seguida coloque o trigo de molho na água em temperatura ambiente por aproximadamente 6 horas. Atenção: A água deverá estar em temperatura ambiente e não fervendo, para não cozinhar o trigo.
  3. Passadas as 6 horas, escorra a água do trigo e vá apertando com as mãos para que saia toda a água contida nos grãos. Reserve.

    Trigo depois de ter sido apertado com as mãos para retirar o excesso de água.

    Trigo depois de ter sido apertado com as mãos para retirar o excesso de água.

  4. Pique ou rale as cebolas tomando total cuidado, no caso de ralar, para o que eu já atentei acima: Escorra a água que solte da cebola para não amargar o seu Kibe. Reserve a Cebola Picada ou Ralada.
  5. Pique os temperos verdes bem fininhos e Reserve-os.

    Temperos Verdes e Cebola Picados e Reservados.

    Temperos Verdes e Cebola Picados e Reservados.

Processando a massa de Kibe no Processador:

  1. Agora é  hora de começar a processar os ingredientes no Processador de alimentos.
  2. Eu começo pegando um pouco do trigo e do tempero verde e processando no processador, vou fazendo isso até processar todo o tempero verde. Lógico q não processo todo o trigo com o tempero verde. Uso apenas um pouco pra poder ter com que bater os temperos verdes.
  3. Em seguida pego os temperos verdes e o trigo q processei e misturo com o restante do trigo em um bowl grande, onde será possível adicionar toda a carne moída, as cebolas picadas ou raladas, o sal, a pimenta-do-reino e o azeite.
  4. Misture tudo com a mão de maneira que fique uma massa homogenia.
    kibe-03

    Massa Homogênea, antes de ser processada.

    Tem pessoas que só misturam tudo até formar essa massa homogênea e já gostam de utilizar a massa do Kibe dessa forma, mas eu não. Eu processo toda a massa no processador, para que fique um Kibe mais fino, sem pedaços grossos de trigo.

  5. Como não caberá toda a massa de uma vez no processador, vá colocando de pouquinho a pouquinho e batendo até obter a textura desejada, vá fazendo isso até processar toda a massa.
  6. Feito isso o Kibe estará pronto para ser enrolado e frito.
  7. Caso você queira consumi-lo cru, coloque um pouquinho de água filtrada gelada (um pouquinho MESMO!) para que a massa fique um pouco mais macia e molinha.

Novamente eu chamo atenção para: Nunca coloque água na massa de Kibe que irá ser frito, senão ele irá estourar todinho na panela no momento da fritura.

Print Friendly, PDF & Email

4 Respostas para “Kibe Libanês (Receita Original de Família)”

  • ANTONIO:

    Seu quibe de família e igual o da minha família só que ainda moo tudo na maquina manual n 3 igual antigamente não aprendi a usar processador ainda para o quibe kkk
    e uso o caldo dos temperos que escorre pois aumentam o perfume que exala quando esta quentinho experimente uma hora
    gostei muito de suas receitas muito bem explicadas e detalhadas parabéns
    att ACM

    • Nathalia Vegi:

      Nossa que bacana pelas dicas Antonio, super curti! Muito obrigada pelos elogios e pela visita. Um grande abraço!

  • wilma frossard:

    Aprendi agora de fato a não errar mais.
    Amo quibe cru.
    Obrigada;
    wilma

Deixe um comentário

Arquivos